Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

26.08.22

Vinil sussurra fragmentos

Um 33 senil, sábio amigo!

Armindo Mendes

Paisagem urbana Alentejo nortuna copia02r.jpg

Ligar o som, prazer maior, a meio volume…

Escolho vinil, um 33 senil, sábio amigo!

À meia-luz, Monitor Audio soa a perfume…

Na posição fetal, na carpete, falo comigo!

 

O saxofone soa metais, o baixo murmura…

Sinto o seu bafo estremecendo entranhas!

Que interpelam o vácuo que perdura…

E aguilhoa ganas de ousar façanhas!

 

Lengalengas lamechas pontuam pensamentos…

Ora melancolias, ora memórias, até fantasias!

O vinil é assim, um velho que sussurra fragmentos…

É quente o acento, tanto que adocica profecias!

 

E aquela trova com sotaque do Norte quer dormir…

É fim de dia, de fadigas imensas, que nos vencem!

Já sonho ser feliz, que o vácuo se foi, vou sorrir…

O vinil acabou… O sonho acordou… As ganas se esvaem!

 

Armindo Mendes

Agosto de 2022