Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

28
Out13

Executivo de freguesia de Penafiel formado, mas sem o pai da presidente


Armindo Mendes

Penafiel, 28 out (Lusa) - A vencedora das eleições em S. Mamede de Recezinhos, Penafiel, que tinha proposto o seu pai e presidente cessante para secretário da autarquia, abandou aquela pretensão para convencer a oposição a viabilizar o executivo.
Alexandra Sousa, do PS, confirmou hoje à Lusa que já está formalmente constituído o executivo, órgão que, por vontade da oposição, não integra o antigo presidente da junta, o também socialista Joaquim Bonifácio, que liderou em autarquia durante 16 anos.
“Aceitei essa solução porque está em causa o superior interesse da freguesia”, afirmou.
Segundo a nova presidente de junta, o executivo tem como secretário e tesoureira os líderes dos dois movimentos independentes que concorreram às eleições autárquicas de 29 de setembro e que, juntos, têm mais representantes (5) do que o PS (4) na Assembleia de Freguesia.
Alexandra Sousa explicou que foi necessário pôr à consideração do executivo vários nomes e que só aqueles mereceram a concordância da oposição, garantindo a viabilização do executivo, não obstante os votos brancos dos eleitos do PS.
A autarca critica a oposição por ter tentado “ganhar na secretaria” o que perdeu nos votos, reprovando também “a forma ignóbil como foi tratado o ex-presidente de junta”.
Apesar da solução encontrada, com um executivo que inclui três forças, Alexandra Sousa promete “tudo fazer para que o trabalho se desenvolva com harmonia e competência a bem de S. Mamede”.
O secretário e a tesoureira eleitos já desempenhavam aqueles cargos no anterior mandato, então eleitos pelo PS.

APM.
Lusa/fim

28
Out13

Novo autarca quer que comboios suburbanos do Porto cheguem a Amarante


Armindo Mendes


Amarante, 28 out (Lusa) - O novo presidente da Câmara de Amarante quer que os comboios suburbanos do Porto cheguem àquela cidade do interior do distrito, no âmbito de um projeto der remodelação e eletrificação da Linha do Tâmega.

Em declarações à Lusa, José Luís Gaspar (PSD) revelou que já tem indicação positiva da Secretaria de Estado dos Transportes para se avançar com um estudo de viabilidade, acompanhado por técnicos da Refer, da CP e de outros especialistas.

“Esse projeto permitiria uma ligação direta de Amarante ao Porto. Julgo que isso é estruturante para o futuro de Amarante”, explicou.

O edil defendeu as vantagens económicas para a região de se avançar com a reativação do troço da linha, entre a Livração (Linha do Douro) e a cidade de Amarante, suspensa há alguns anos, dotando-a de condições para o transporte de passageiros em composições elétricas.

Para José Luís Gaspar, “tem sentido” eletrificar a infraestrutura, com cerca de 12 quilómetros de extensão, e dotá-la de via larga, articulando a intervenção que está prevista para a Linha do Douro, no troço entre Caíde de Rei e o Marco de Canaveses.

31
Mai13

Crianças de Felgueiras têm estabilidade, porque há emprego, assinala autarca


Armindo Mendes

 

A maioria das crianças de Felgueiras goza de estabilidade familiar e social, o que se deve à boa empregabilidade no concelho, em contraste com o resto do país, considera o presidente da câmara.

“Percebemos, pelos indicadores socioeconómicos que temos nos serviços de ação social da câmara, que o quadro de estabilidade familiar e social é positivo, não obstante as dificuldades por que passa o país”, considerou Inácio Ribeiro.

Recordando que a taxa de desemprego, em Felgueiras, é das mais baixas do país e a menor no distrito do Porto, Inácio Ribeiro acrescentou que, nas iniciativas da autarquia dirigidas às crianças, como o concurso de pintura “Pinta”, que está a decorrer em todo o município, percebe-se, através das expressões da maioria dos alunos, o bom momento que a economia do concelho está a atravessar.

“Os indicadores que temos são fiáveis. Este concurso, assim como outro ligado a floresta, potenciam esta vivência. Por aqui percebemos grau de satisfação e aferimos a estabilidade social”, acrescentou.

Para o presidente da câmara, é importante “potenciar o bom momento do concelho, trabalhando para que o crescimento dos mais novos se faça num quadro de estabilidade e seja o mais completo, amplo e profundo possível”.

O concurso “Pinta”, que este ano apresenta a proteção civil e a água como tema, tem, segundo o edil, “um caráter pedagógico muito profundo”, promovendo “o gosto pelas artes e desenvolvendo os sentidos desde tenra idade”.

“É importante associar temas fundamentais para a vida e o futuro da humanidade, neste caso a água, como elemento fundamental para a nossa sobrevivência”, realçou.

No âmbito desta iniciativa, que vai na quarta edição, cerca de um milhar de alunos do pré-escolar e ensino básico receberam um conjunto de material oferecido pela autarquia, que inclui telas, paletas, pincéis, chapéus e um livro.

Na abertura, participou a presidente do comité português da Unicef, Madalena Marçal Grilo, para quem a iniciativa é muito interessante, porque leva as crianças de todas as idades participar”.

“São os verdadeiros atores deste evento”, disse, realçando a importância de os mais novos entenderem melhor a importância da água.

“O dia da criança é sempre uma boa oportunidade para celebrar as crianças e chamar à atenção para os problemas que afetam milhões de crianças”, considerou.

Na cerimónia de abertura, realizada na Casa das Artes, vários convidados, em representação de entidades oficiais, interagiram com crianças do pré-escolar que pintavam.

Os primeiros prémios do concurso, dos vários graus de ensino, vão ser oferecidos à UNICEF portuguesa.

O concurso integra o programa da Semana da Criança, que inclui atividades desportivas, cinema e ateliês de pintura em vários pontos do concelho.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2006
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D