Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Não queria ser, eu sei!

25.11.21 | Armindo Mendes | comentar
Não sei o que sou! Espelho meu, velho ribeiro, estás fosco. Vejo-te, olho-me, aqui de novo estou! Quero desenhar-me, mas sabes, sou tosco!   Falta de jeito, há tanto, o meu! Fito que o tempo me foge do punho. Grisalho, rugas tantas, sou eu! S (...)