Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marca d'Água

Marca d'Água

25
Nov23

Músicas assim

Textos falados de jovem sonhador. “À Luz da Noite”


Biscaya, nesta versão tão doce de James Last, é um daqueles temas intemporais, que ouço vezes e vezes, sem vontade de parar… à noite, por estes dias, acalentado pela saudade do outono da vida.

São extraordinárias as sensações ao ouvir este instrumental dos anos 80 do século passado, que tocam fundo, demasiado fundo! Não tem palavras, mas diz tanto!

Foi genérico de programa de rádio, são recordações de tempos que já lá vão, sob a forma de calafrios, pele morena, cabelos negros compridos, nostalgias agridoces, a preto e branco, Coca Cola na Arcada, gelados Calipo no Toural, na minha Guimarães, de pontos determinados da adolescência/juventude, num processo de amadurecimento, aquele, repentinamente acossado por certos acontecimentos… alguém partira e eu ficara, ali, à porta!

As nuvens negras fugiram há muito, a porta fechou-se, mas hoje esta doce canção, sem culpa alguma, ainda faz estremecer quando por ela se passa, olhando para ela com a ternura de um abraço que ficou por dar na hora da despedida!

Ao ouvi-la, de peito inflamado, fica-se mais quebradiço, ao deixar cair umas quantas lágrimas, recordando tantas coisas, tantas ansiedades… abrindo um programa de rádio, com músicas de vinil e sonhos falados de um jovem “À Luz da Noite”, nos idos 90’s!

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D