Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

19.10.21

Olhos húmidos para dentro, sem saber porquê

Armindo Mendes

Árvore outono.jpg

Quero gritar em silêncio para ninguém ouvir.

Quero gritar calado para os mal espantar.

Quero gritar murmúrios para o pesadelo partir.

Quero gritar segredos, mordaças libertar.

 

 

Cerro o punho e esmago sonhos reprimidos.

Cerro o punho e aperto afeições do passado.

Cerro o punho e agito fantasmas de projetos falidos.

Cerro os punhos e calo-me, sisudo, num mundo fechado.

 

 

Olhos húmidos que, ao zimbro, se perdem por aí.

Olhos húmidos para dentro sem saber porquê

Olhos húmidos menos lá, mais aqui

Olhos húmidos, estafados de tudo e não sei o quê!

 

Armindo Mendes

1 comentário

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.