Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

07.03.21

Sentir a brisa que refresca a alma

Armindo Mendes

O rio Douro, em Porto de Rei, Resende, num passeio

E há rios imensos de sonhos para contar, este ou outro qualquer, só há que abrir as asas e voar.

Sem medos, deixar a caneta voar, voar, voar!

É lindo olhar o mundo lá de cima, ficar tão leve e sentir a brisa que refresca a alma.

Que espicaça nas asas de um devaneio que se pode contar em estrofes de encantar.

E fazer cantigas de amigo ou cantigas de amor, sem contar, com ritmos e tons que as letras vão mostrando como notas musicais!