Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

Marca d'Água

Apenas um olhar de Armindo Pereira Mendes

01.10.13

À meia-luz, correndo desenfreadamente à procura do tempo que esvaiu!

Armindo Mendes

Esta música de Waters, ouvida com o volume bem alto que brota das ‘Monitor Audio’, espicaça momentos assim, de uma certa melancolia, ápices em que nos deixamos levar por recordações de uma noite estrelada de verão que, de tão intensas, acicatam os batimentos cardíacos. Os graves profundos da música interpelam o peito, os agudos sublimes agitam o olhar no vazio físico, num rebuliço imaterial, numa certa anarquia saborosa, sentado no sofá de casa, à meia-luz, mas correndo desenfreadamente, sem êxito, à procura do tempo que esvaiu!

E o cansaço, no fim da música, esboça um delicioso sorriso à porta do êxtase das emoções.

No ‘play’ do comando, tudo recomeça, para ouvir muitas vezes, correr quase sem parar, à espera que o sono nos faça parar de correr!

 

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.